INFERTILIDADE FEMININA

[rev_slider_vc alias=”infertilidadfemenina-pt”]

A reprodução humana é um processo excitante, mas muito complexo, que exige que cada elemento esteja no lugar. Para ocorrer uma gravidez, é necessário que:

    1. Um óvulo maduro é liberado por um dos ovários
    2. O óvulo movimente através da trompa de Falópio
    3. O esperma movimente através do colo do útero e nas trompas de Falópio para atingir o óvulo e realizar a fertilização
    4. O óvulo fertilizado desce pela trompa de Falópio para o útero
    5. O óvulo fertilizado é implantado e cresce no útero

Quando um ou mais desses elementos são interrompidos é quando falamos sobre infertilidade feminina. Mas quais são os principais problemas de infertilidade nas mulheres?

Foto de pareja con doctora
Foto de pareja felices con prueba de embarazo

Alterações de ovulação

Se os pacientes não o ovulam ou fazem com pouca frequência, trata-se de uma alteração de ovulação que representa 25% de todos os casos de infertilidade feminina. Algumas das causas que levam a alterações da ovulação são: síndrome de ovário policístico (PCOS), disfunção hipotalámica, insuficiéncia ovárica prematura ou prolactina demais.

Danos nas trompas de Falópio

Os espermatozoides não podem chegar ao óvulo, se as trompas de Falópio estiverem danificadas ou bloqueadas. Se existem danos nas trompas também podem bloquear o caminho do óvulo fecundado que tem de chegar até o úturo para se implantar.

Endometriose

A endometriose ocorre quando o tecido que normalmente cresce no útero cresce noutros sítios. Esse crescimento e a sua extirpação cirúrgica podem causar a cicatrização, o que poderia obsruir as trompas e bloquear o esperma ou o óvulo fecundado.

A endometriose pode danificar ainda o revestimento do útero o que afeta negativamente a possibilidade de implantação do óvulo fecundado.

Algunas alterações podem indiretamente causar problemas de infertilidade, afetando a implantação do óvulo fertilizado ou aumentando a probabilidade de aborto involuntário.

Essas causas incluem pólipos benignos ou tumores, cicatrizes de endometriose, malformações uterinas ou estenose cervical.

A infertilidade inexplicada

Em uma certa porcentagem, a causa da infertilidade é inexplicável e geralmente obedece a problemas menores em ambos os membros do casal.

Quere saber mais sobre infertilidade feminina? Quere ser mãe em algum momento, mas está preocupa com a sua fertilidade e quere conhecer as suas opções?

Nossos TRATAMENTOS

Rejuvenescimento Ovariano

É uma técnica revolucionária que envolve a reativação das células-tronco e dos folículos remanescentes no ovário.

IA – Inseminação Artificial

É uma técnica de reprodução assistida que a ajudará a engravidar com facilidade e segurança.

FIV – fertilização in vitro

É a união do óvulo com o espermatozóide em laboratório, para a obtenção de embriões já fecundados para transferência para o útero materno e gestação.

Foto ovodonacion

Doação de óvulos

Tratamento de fertilidade que consiste na realização de uma fertilização in vitro com óvulos de doadores anônimos. Se necessário, esse óvulo é fertilizado com sêmen do parceiro ou de outro doador.

Foto de Estudios Genéticos

Diagnóstico genético

Refere-se especificamente à técnica usada no caso de um ou ambos os pais terem uma anomalia genética. O embrião é analisado para determinar se carrega a mesma anormalidade genética.

O Método ROPA

Tratamento de fertilização in vitro compartilhado entre as duas mulheres. Uma mulher é a doadora do óvulo, enquanto a outra mulher é a substituta do embrião.

Marque a sua Consulta

Certificados Oficiais:

asproin
SEF
asebir
Joint-Commission
iso14001
iso9001

Registro Nacional da Sociedade Espanhola de Fertilidade